Mordomia Cristã

Uma questão inegociável

Aos que me honram, honrarei. 1 Samuel 2:30

Quando assumiu o distrito de Matões no Maranhão, o pastor Francisco conheceu um jovem muito dedicado às atividades da igreja. No Nordeste, há muita dificuldade para sobreviver, principalmente numa pequena cidade do interior. As oportunidades de emprego são poucas. Muitos jovens se aventuram em outras regiões do Brasil na esperança de dias melhores.

Natanael era comprometido e estava feliz, pois seu casamento estava se aproximando. O dia tão esperado chegou, e eles e estavam vivendo bem, mas logo vieram as provações. Após o casamento, passou por dificuldades financeiras. Sem perder a esperança, ele procurava emprego. Enquanto não conseguia, trabalhava no que aparecia. Um dia, ele foi a um supermercado da cidade falar com o dono e pedir emprego. Natanael conseguiu e passou a trabalhar em fase experimental. Passado esse período, foi efetivado. Apesar da dificuldade de conseguir emprego devido à guarda do sábado, Natanael não se intimidou em falar ao patrão sobre o sábado e lhe disse: “Se o senhor pensar em me chamar para trabalhar no sábado, me demita logo, porque essa questão é inegociável”.

Natanael tem testemunhado ao patrão e aos colegas de trabalho de sua fé e esperança. Com isso, ele tem conseguido respeito e admiração. Numa ocasião, um membro de sua igreja foi à procura de emprego na empresa onde Natanael trabalha. O dono da empresa disse que era impossível ter dois adventistas faltando aos sábados. O patrão de Natanael, além do supermercado, tem uma loja de artigos para bebê. Num determinado momento, ele precisou de uma pessoa para trabalhar na loja. E quem ele contratou? A esposa de Natanael, mesmo dizendo anteriormente que não podia empregar dois adventistas. Natanael e Gerciane estão empregados. Deus não desampara seus filhos.

Esse casal jovem tem recebido muitas bênçãos espirituais e materiais. Hoje, eles têm uma moto, atendendo às necessidades de uma locomoção mais rápida, e também adquiriram um terreno para a construção de uma futura residência. Natanael tem levado o evangelho aos seus familiares. Um irmão já se batizou, a irmã está frequentando a igreja,e a mãe, recebendo estudos bíblicos. 1 Samuel 2: 30 diz: “Aos que me honram, honrarei”. O Senhor é justo, fiel e cumpre a Sua promessa. Permita que Deus habite em seu lar de tal forma que os princípios sagrados sejam inegociáveis, e você verá o que Ele pode fazer por você e sua família.

Pr. Francisco Silva – UNB

  • Jussara Aparecida Teixeira Zim

    Também tenho experiências positivas quanto à guarda do sábado. Dentre muitas provas e vitórias quanto à guarda do sábado, vou relatar a última. Sou professora na rede municipal e estadual. No ano passado, 2014, o governo nos ofereceu um curso onde cada professor cursista receberia uma bolsa de R$200,00 reais e teríamos que eleger um coordenador de estudos, que receberia uma bolsa de R$765,00. Mas todo mundo queria ser o coordenador de estudos, logicamente porque receberia mais, mas não podiam, pois teriam que realizar cursos em outra cidade e não podiam sair. Eu me candidatei e fui eleita pelos coletas como coordenadora do Pacto Nacional pelo Fortalecimento do Ensino Médio. Isso era muito bom. Fiquei feliz, mas alguns colegas disseram que, já que não podiam ser o coordenador de estudos, então não fariam o curso. Assim, a diretora da escola disse que não faríamos o curso, pois não havia cursistas suficientes. Orei a Deus. Então, ao ler o Diário Oficial, descobrimos que necessitava somente de 5 professores para haver o curso em nossa escola e era exatamente o nosso número. O curso começou, mas começaram os empecilhos, pois o curso só poderia ser ministrado aos sábados. Relatei que era Adventista e que, por isso, o curso seria sábado das 19h ás 22h (depois do pôr-do-sol). Foi uma prova de fé, pois os professores nesse horário aos sábados costumam ir à festas, bailes, o que é muito comum em nossa comunidade. E se um professor desistisse, não haveria curso. Mas frequentaram todos os sábados. Vinham já prontos para a “balada”. Tenho fotos ministrando o curso até 22:30h no sábado (o estudo era tão interessante que até passávamos do horário). Fiquei feliz com a vitória. Mas quando coordenadora geral do curso do PNFEM veio nos visitar, os professores reclamaram dos horários do curso. Eu não estava presente, mas ela comentou que isso teria que mudar. Fiquei apreensiva, mas confiante em Deus. Então a secretária de Educação do Município me procurou e cedeu um horário à tarde durante a semana para a realização do curso. Agradeço à Deus pelas vitórias.

  • HEVERTON DINELLE PAULA

    Acho que deveriam ser acrescentadas mais fotos e elas deveriam ter legendas, indicando ano, local e identificando quem são as pessoas da foto.

  • Arialdo Diniz

    Também concordo com o Heverton Dinelle Paula.

  • Fabio Santos

    Por favor coloquem legenda nas fotos com as devidas informações.

  • Irlan Ramalho

    Seria interessante ter legenda nas fotos

  • Muito obrigado pessoal por tamanha riqueza de conteúdo. Caso seja possível inserir as legendas das imagens com os nomes e datas, realmente seria de grande ajuda para nos situarmos. Parabéns a todos!